Acompanhar o mercado

OPINIÃO
 
Com o mercado do vinho sempre a mil, é de espantar o número de vinhos que vão surgindo nas prateleiras das garrafeiras e dos supermercados. Muitas vezes os produtores nem avisam que os vinhos são lançados, outras vezes são vendidos apenas em locais específicos,  e por isso nem sempre consigo acompanhar o ritmo. Para um novo trabalho que estou a fazer, fui à garrafeira Estado d’Alma e, depois de uma conversa elucidativa com o Carlos Jorge (à esquerda) e o João Chambel, saí de lá com a informação toda que precisava. A garrafeira é muito variada em vinhos velhos, todos sabem, mas também acompanha de perto a grande maioria das novidades que vão saindo. Conheço o Carlos Jorge desde que me iniciei no mundo do vinho, acompanhei-o no seu percurso profissional por várias garrafeiras de prestígio e é um dos profissionais mais competentes que conheço. Formou meio mundo no sector e, além disso, é uma joia de pessoa. Actualmente trabalha na Estado d’Alma com o João Chambel, um jovem escanção que tem vindo cada vez mais a mostrar o seu valor, ajudando a divulgar o vinho português, e que também é uma pessoa muito especial. A tripla dinâmica fica completa com o Tiago Paulo, dono da garrafeira, que não está na foto mas amavelmente cedeu as instalações para o dito trabalho. Que prazer tenho eu de poder trabalhar com estas pessoas. Obrigada por me actualizarem sobre as novidades, foi uma manhã fantástica :) 
 

Abr, 12, 2017

0

SHARE THIS