As mariquices do mundo do vinho

OPINIÃO
 
 
Deixem-me que vos diga. Para este Natal escolham os vinhos que vos der na real gana, aqueles que realmente vos apetece beber e não aqueles que têm as maiores pontuações. A regra é só uma: que sejam vinhos equilibrados, porque assim, o prazer é garantido.
O mundo dos vinhos às vezes é uma fantochada. No início queriam-se vinhos frutados mas, passado um tempo, já eram enjoativos. Hoje, a mineralidade é que é ‘cool’. Antigamente, a madeira é que era. Dava aroma mais intenso e estrutura ao vinho mas, passado um tempo, foi banida. E os rosés, que eram tão garridos e agora são tão pálidos? E a acidez, que agora tem de fazer estalar as papilas gustativas e fazer lacrimejar? 
Fora com as tendências internacionais. Porque não há de um vinho ser agradavelmente frutado? E de ter uma madeira elegante e bem integrada? E porque é que o rosé não pode ter uma cor forte? E um vinho ter uma acidez menos agressiva? Desde que seja EQUILIBRADO, que todos os seus elementos sejam harmoniosos, TUDO VALE!
FELIZ NATAL e desbastem a garrafeira. Eu por aqui não perdoo!  
 
Cartoon: Radicci
 
 

Dez, 23, 2016

0

SHARE THIS