Rebento da videira mais antiga do mundo será plantada em Gaia

NOTÍCIA
 
 
O rebento da videira mais antiga do mundo tem cerca de 400 anos e vem da Eslovénia para ser plantado em Portugal, no Parque Biológico de Gaia, no âmbito da conferência Internacional Wine&Vine, organizada pela Universidade Portucalense em parceria com a Universidade de Maribor e promovida pelo Instituto Jurídico Portucalense. O objetivo do evento, que irá juntar investigadores de várias partes do mundo, é envolver participantes em torno de um debate sobre os desafios que o setor vinícola enfrenta, como a desaceleração da economia global, o desenvolvimento sustentável e ainda o aparecimento de novos países produtores.
 
«É premente estudar a cultura do Vinho, uma vez que o setor tem um peso relevante no valor da produção agrícola da maioria dos Estados Membros da União Europeia. A UE lidera no mercado mundial do vinho em 45% de área total, de produção e consumo em 60% cada e ainda de comércio internacional, importação e exportação», salienta José Caramelo Gomes, Presidente do Instituto Jurídico Portucalense, (IJP).
 
Dos vários Investigadores Internacionais, destacam-se três representantes da cidade eslovena de Maribor, Zan Oplotnik (Vice Reitor da Universidade de Maribor), Vesna Rijavec (Diretor da Faculdade de Direito) e Tomaz Kerestes (Vice Diretor da Faculdade de Direito). A conferência, que decorre nos dias 10 e 11 de novembro na UPT, é aberta ao público e conta com o apoio da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), da Lex - Localis Press, da Universidade eslovena de Maribor e do Município de Vila Nova de Gaia.
 
 
 
 
 

Nov, 09, 2016

0

SHARE THIS