Portugal com excelentes resultados no Concours Mondial de Bruxelles

 

NOTÍCIA

 

Não é de hoje que Portugal se evidencia pela qualidade dos seus vinhos em concursos nacionais e internacionais. Na semana passada terminou mais um Concours Mondial de Bruxelles, uma das competições de maior renome a nível mundial, que este ano se realizou em Plovdiv, na Bulgária. Os resultados foram excelentes.

Os vinhos portugueses conseguiram 16 ‘Grande Medalha de Ouro’. Em termos de países com estas medalhas, Portugal ficou em 2º lugar, logo atrás da Espanha, que conseguiu 18 medalhas “Grande Ouro”. Itália (13) e França (11) ficaram a seguir. O ano passado os vinhos portugueses conseguiram12 destas medalhas, as de maior prestígio.

De realçar os resultados da Sogevinus, que conquistou 6 medalhas Grande Ouro, para outros tantos Vinhos do Porto Colheita (da Kopke e Cálem), dos anos de 1941 a 1984. Se somarmos todas as medalhas, o panorama altera-se para Portugal: o país com mais medalhas foi a França (166 Ouro, 394 Prata), com 571 medalhas. De seguida ficou a Espanha (158 Ouro e 341 Prata), com 517 medalhas. A Itália vem a seguir, com 399 medalhas (146 Ouro e 240 Prata). Portugal ficou em quarto lugar, com 341 medalhas para além do Grande Ouro (114 Ouro e 227 Prata).

Nos prémios especiais, os Panel Revelations e os Outstanding Old Vintages, saíram ainda destacados o vinho branco alentejano Virgo 2015, da Soc. Agríc. da Herdade da Torre do Frade, e, na segunda categoria, Portugal arrasou com 10 vinhos de colheitas antigas referidos, 7 vinhos do Porto, todos da Sogevinus, e 2 vinhos da Madeira (da Pereira d’Oliveira).

Este ano entraram mais de 8.750 amostras, de 51 países diferentes. Foram avaliadas durante 3 dias por um painel que incluiu mais de 300 provadores de 54 países diferentes. A próxima edição do Concours Mondial de Bruxelles será realizada em Valladolid, no coração da região de Castilla y León.

Resultados completes em: http://results.concoursmondial.com/

 

Mai, 10, 2016

0

SHARE THIS