Ribafreixo lança primeiro monovarietal tinto

A Ribafreixo Wines tem um novo vinho - Herdade do Moinho Branco (2014) – o seu primeiro monovarietal tinto, e apresentou-o no restaurante Faz Figura, em Lisboa. Além deste vinho à base de Alicante Bouschet, deu também a provar mais alguns vinhos : Pato Frio Selecção e Pato Frio Grande Escolha, Gaudio Clássico e Gáudio Reserva.

Obviamente, por ser um topo de gama, o Herdade do Moinho Branco (HMB) acabou por se destacar. Já se sabe que a casta Alicante Bouschet se adaptou ao Alentejo melhor do que na terra de onde é originária (França) e este exemplar não foge à regra dos bons exemplos que encontramos em vinhos produzidos com esta casta. O vinho estagiou 18 meses em barricas de carvalho francês e ainda 26 meses em garrafa. A edição é limitada a 3116 garrafas. Frutado, balsâmico, mineral, fresco, poderoso, denso, com notas de madeira muito bem integradas. Marcante, sem dúvida, como esta casta sabe ser. Os vinhos da Ribafreixo são assinados pelo enólogo Paulo Laureano, que há anos diz que a Alicante Bouschet já é portuguesa.

A Ribafreixo nasceu pelas mãos do empresário e enófilo Mário Pinheiro, que durante muitos anos trabalhou na África do Sul, na área das novas tecnologias. Em 2004 decidiu regressar de vez a Portugal. Em 2007 torna-se amigo do engenheiro agrónomo Nuno Bicó que, tal como ele, tinha o sonho de um dia vir a produzir vinhos de qualidade. Em apenas três anos compraram 28 parcelas de terrenos abandonados na Vidigueira, que transformaram numa propriedade única de 114 hectares. Recuperaram algumas das vinhas e plantaram outras com castas portuguesas, sendo algumas autóctones da região da Vidigueira. Os vinhos passaram a ser produzidos em adega própria a partir de 2012, data da sua inauguração.

 

Nov, 21, 2018

0

SHARE THIS