Ninguém sabe tudo

Acham que sabem imenso sobre vinho do Porto? Então marquem um dia uma visita ao IVDP (Instituto do Vinho do Douro e Porto) e falem com o Bento Amaral e o Manuel Lima (sobre a história, características, defeitos e prova de vinho do Porto, aí sim, vão sentir-se insignificantes), com a Ana Cristina Melo (sobre mercados do vinho do Porto - o que ela sabe disto!), com o ‘temível’ Alberto Ribeiro de Almeida (que protege com unhas e dentes a D.O. Porto e tudo sabe sobre legislação) e com o Manuel Cabral, que depois da ensaboadela que os anteriores deram ao nosso cérebro tem sempre no final uma garrafa de água das pedras à mão para nos ajudar a restabelecer. Depois, sigam para as caves de Gaia para fazer um blend de vinhos e também para o Douro, para ter umas aulas de enologia e viticultura ‘in loco’. Tudo isto, com alguns dos melhores profissionais do sector.
Aquilo que vos descrevi foi apenas o resumo de alguns dos momentos mais altos vividos nos últimos dias. Estarei para sempre grata a toda a equipa do IVDP (não esquecendo ainda o Carlos Soares, a Ana Brochado e o Paulo Russell Pinto que também acompanharam todo o processo) o magnífico curso de formação leccionado a 12 pessoas do sector, dedicadas a várias áreas, que foram escolhidas a dedo para serem os primeiros formadores de vinho do Porto oficiais (Certified Port Educator) #cpe. Foram dias intensos de muita emoção e aprendizagem, que nos deu um banho de sabedoria e nos deu a entender que ainda temos um longo caminho a percorrer. Enquanto isso, espalharemos a palavra do vinho do Porto o melhor possível, e com o maior orgulho de termos sido os primeiros a passar nesta formação. Foi uma honra e um privilégio fazer parte deste grupo, fortalecer laços que já existiam, e ainda fazer novas amizades. Obrigada a todos.

Fotografias: Cristina Tierno Conde

 

Nov, 11, 2018

0

SHARE THIS