Rolhas da discórdia

 

Uma das tendências já instalada há algum tempo no mundo do vinho é a utilização de outro tipo de vedantes que não a cortiça. Mas por mais que se apontem vantagens nesses vedantes (a maior é evitar o TCA, vulgo, aroma a rolha) na verdade, os factos indicam outra direcção. Recebi por estes dias um e-mail do Concours Mondial de Bruxelles que revelou que, este ano , dos 9.180 vinhos provados no evento, originários de 48 países, 95% estavam vedados com rolha de cortiça. Estes dados confirmam que os produtores de vinho mundiais continuam claramente a preferir a cortiça, já que sete em cada dez garrafas estavam vedadas com rolhas deste material. Estes dados reforçam outros do mesmo género revelados por outras fontes. Por exemplo, nos Decanter World Wine Awards’, cerca de 69% dos vinhos premiados estão vedados com rolha de cortiça. Já na selecção dos Top 100 vinhos feita pela Wine Spectator, a cortiça está presente em 89% dos vinhos. 
E agora, em que é que ficamos?

Foto retiradas da net

 
 

Jun, 21, 2018

0

SHARE THIS