Vinhos bons e baratos

 

 

No Verão passado recebi uns vinhos da Adega Cooperativa da Vidigueira, mas acabei por não vos falar deles injustamente, simplesmente porque não tive tempo. Mas vou falar agora. Nos últimos anos a adega tem vindo a produzir vinhos de excelente qualidade e a revitalizar também a imagem dos seus vinhos. A Vidigueira sempre foi terra de bons brancos e estes não fogem à regra, produzidos com castas nacionais mas também estrangeiras. A gama chama-se VDG White Inspiration, e produz os monocastas Arinto, Alvarinho, Verdelho, Chardonnay, Viognier e Vermentino. Vinhos para o Verão que vem aí, bons e a preços acessíveis, cada um com características diferenciadoras, mas a destacarem-se todos pela sua leveza e frescura. Outro monocasta que aconselho vivamente, é o Perrum (muito fresco, frutado e vegetal) e o único vinho desta casta que conheço. Vale não só pela qualidade como pela sua originalidade.

 
A Adega tem-me surpreendido bastante nos últimos tempos e ainda a vou explorar mais em breve. Entretanto quem ainda não a foi visitar vai ficar surpreendido. O edifício está longe de ser bonito, é verdade, mas o serviço de enoturismo é feito com grande profissionalismo pelo David Borges, que é um rapaz muito interessado, trabalhador e informado. Duvido que alguém saia de lá insatisfeito, até porque a adega tem uma loja bonita, recheada e muito tentadora.

 
 

Abr, 19, 2018

0

SHARE THIS