Tesouros que me dão

Não sei desde quando é que existem concursos de vinho em Portugal, mas sei que em 1969 se organizou a IV edição de vinhos engarrafados. E que a maioria dos vinhos que ganhou prémios, como seria de esperar, eram do Dão e da Bairrada (brancos, tintos e espumantes), fora os vinhos do Porto e as aguardentes, claro. Pelo meio, é giro perceber que já se produziam alguns rosados e que o Mateus Rosé ou o Faísca, por exemplo, foram premiados com medalha de ouro :)

Vejam também esta edição de um pequeno livro sobre vinho do Porto datada de 1956. Assinado pelo então presidente do Instituto do Vinho do Porto José Joaquim da Costa Lima, as páginas deste livro descrevem a história do vinho do Porto, explicam a região do Douro (dividindo-o pelas suas sub-regiões), a cultura da vinha e os diferentes estilos de Porto. Já na altura percebe-se o interesse em divulgar o nosso vinho. E, para terminar, uma brochura da Real Companhia Velha, com garrafas e rótulos do tempo da outra senhora.
 
Tudo isto te vem parar às mãos quando tens a sorte de ter familiares que se lembram que tu és a bebedolas da família! Obrigada tio Chico :) 
 
 

Abr, 02, 2018

0

SHARE THIS